Como subir na carreira mais rápido que um raio?

Por Juliana Porto

O velocista jamaicano Usain Bolt admitiu ter nascido com o dom para o esporte, mas  não restam dúvidas: suas inúmeras conquistas em olimpíadas e mundiais de atletismo foram resultados de  seu esforço, disciplina e foco para atingir os resultados. E mesmo com todo o talento e dedicação, ao longo de sua carreira surgiram vários obstáculos. Por que não seria diferente com reles mortais - eu e você? Inspire-se no exemplo dele para brilhar como uma grande estrela!

Definitivamente, nem tudo foram flores - ou medalhas de ouro - na carreira do velocista. Em 2007, na final do Campeonato Mundial no Japão, Bolt perdeu na prova de  200 metros rasos. Em sua autobiografia, "Mais rápido que um raio", o atleta conta que, sem acreditar no resultado, questionou o treinador sobre as razões de ter perdido. Em resposta, ele ouviu:  “Você está fazendo parte do trabalho e, sim, parece difícil, mas você precisa fazer tudo. Leve isso a sério, porque você tem velocidade, mas precisa de mais força”. Bolt entendeu, da pior maneira possível, que não estava se esforçando o suficiente.

Bolt ficou em terceiro lugar em sua última final de 100 metros no Mundial de Londres, em agosto de 2017, decepcionando parte dos fãs e provavelmente ele mesmo. Mesmo assim, não se deixou abater.

Questionado sobre o resultado por jornalistas e de um desempenho mais lento dos participantes da prova em geral, o atleta respondeu: "Fizemos grandes coisas ao longo dos anos. Sim, foi uma final lenta, mas o espetáculo foi grandioso. Entendeu?". Pensando no ambiente corporativo, nem sempre as coisas dão certo como planejamos. O importante é ter a cabeça erguida e continuar se aperfeiçoando para sempre dar o melhor de si!. Não desanime!

Segundo o diretor-geral da Robert Half, Fernando Mantovani, o talento é capaz de elevar uma pessoa a um determinado patamar de sucesso, mas a permanência na posição de destaque de forma consistente depende de muito esforço também no mundo corporativo. A superação de novas marcas só acontecerá se a habilidade e o esforço caminharem lado a lado. Ter apenas um dom não lhe levará ao topo!

Mas e como fazer? Se você tiver um plano e souber o caminho que deseja seguir, pode ser o primeiro passo para tornar o seu esforço em resultados mensuráveis. Para isso é preciso se preparar, com estudo e atualizações constantes. Noites de sono perdidas, momentos de estresse e toda essa dedicação certamente não serão em vão.

* Juliana Porto é jornalista desde 2005 e começou sua carreira escrevendo justamente sobre... carreiras! De lá para cá, já cobriu finanças pessoais, consumo e tecnologia em redações no Rio e São Paulo, mas sempre acaba voltando ao tema com que começou sua vida profissional.

Compartilhar essa página