Como melhorar o currículo, para se destacar no processo seletivo

Como melhorar o currículo

Você já gastou algum tempo elaborando seu modelo de currículo e lembrou-se de customizá-lo de acordo com a vaga para a qual está se candidatando. Ótimo! Esse é um excelente passo para conseguir o emprego que você deseja. Saiba, no entanto, que sempre dá para aperfeiçoar um pouco mais o documento.

Confira as dicas abaixo e destaque seu currículo na multidão de arquivos que chegam diariamente aos headhunters. Todas são fáceis e rápidas de serem incorporadas.

1. A escolha da fonte de currículo

O primeiro passo para melhorar o currículo é escolher uma fonte de fácil leitura. Por isso, fuja das letras muito rebuscadas, que dificultam a compreensão do que está escrito. Depois, lembre-se de manter uma constância em todo o documento, usando sempre a mesma fonte. O tamanho da letra também deve ser o mesmo do começo ao fim – com exceção do título, que pode ser escrito em uma fonte maior.

2. Bullet points

Ao descrever suas principais conquistas profissionais, prefira tópicos ao invés de texto corrido. Os chamados “bullet points” facilitam a elaboração do currículo, além de tornar sua leitura mais rápida. 

3. Na hora de redigir currículo, evite jargões

Principalmente se eles não são fáceis de serem compreendidos por pessoas de fora da sua empresa ou setor. Além disso, siglas, abreviaturas e jargões podem não ser capturados pelos softwares de rastreamento que alguns recrutadores utilizam.

4. Teste os links

Caso você tenha colocado algum link no seu currículo, direcionando o headhunter a um portfólio online, lembre-se de checar se ele está funcionando antes de enviar o documento.

5. Experiência profissional deve ser priorizada

Na tentativa de melhorar o currículo, muita gente acaba colocando no topo do documento a experiência acadêmica, deixando os empregos pelos quais passou para um segundo momento. Isso só é válido somente se você não tem experiência profissional. Caso contrário, coloque primeiro as empresas pelas quais passou e, depois, detalhe os cursos que já fez.

6. Como inserir formação no currículo

Se você já está no mercado há algum tempo, na hora da elaboração do currículo, você não precisa informar a escola onde cursou o ensino médio. Use apenas a graduação e os cursos de pós e especialização.

7. Use o corretor ortográfico

Lembre-se de sempre passar a ferramenta em todo o documento. Erros de digitação, concordância e gramática pegam muito mal em qualquer currículo.

8. Formatação do currículo

Para evitar que aquele lindo alinhamento que você passou longos minutos construindo se perca quando o recrutador abrir o seu currículo no computador dele, salve o arquivo em formato PDF.

9. Revise o documento

Inverter a ordem de leitura ajuda a focar em cada linha de forma isolada. Isso ajuda a pegar erros de concordância e informação que podem surgir com a edição do currículo repetidas vezes.

Tags: Currículo

Share This Page