Feedback 360: como receber críticas

Por Robert Half 24 de April 2017

Por Fernando Mantovani

Muito se fala da importância do feedback, de como se preparar para avaliar um funcionário, destacar seus pontos fortes e fracos e traçar planos e metas para o seu desenvolvimento dentro da empresa. Difícil? Bastante. Principalmente porque o feedback ainda é percebido como crítica e é comum temer a reação do outro nessas conversas. Como seria, então, receber as temidas críticas?

Muitas companhias têm encorajado o feedback 360 graus, em que os chefes também são avaliados pelos funcionários. O complicador, neste caso, está na dificuldade em aceitar suas próprias carências e reconhecer que é passível ao erro, principalmente, perante o olhar de uma pessoa subordinada.

Como receber bem as críticas e tirar o melhor proveito desta prática?

Assim como dar feedback otimiza a produtividade do negócio, receber um retorno dos colaboradores também é positivo para que todos falem a mesma língua e estejam na mesma página. No entanto, é complicado entender como somos vistos pelo outro, principalmente o outro sendo um membro da sua equipe e que se reporta a você.

Confira como aproveitar melhor essa oportunidade:

  • Escute e não julgue – esteja aberto para ouvir a opinião do colaborador sobre você. Entender como ele pensa diz muito sobre o que ele almeja profissionalmente e indica como ele enxerga o próprio futuro na empresa.
  • Não fique na defensiva – evite, a cada ponto, justificar, interpretar ou interromper, e demonstre receptividade à opinião do colaborador.Desta maneira, conseguirá absorver melhor a mensagem sem tornar o momento ainda mais tenso.
  • Mantenha a postura – Uma conversa baseada no bom senso e postura profissional pode gerar excelentes resultados, melhorando o relacionamento e a confiança.
  • Mantenha o diálogo aberto - Profissionais com boa relação com seus chefes geram resultados positivos e propiciam desenvolvimento. Esteja disponível para conversas, mesmo que informais, e demonstre receptividade às críticas.

O papel do líder é estimular seu funcionário e desenvolvê-lo. Para isso deve conhecê-lo, ouvi-lo, saber seus objetivos, sonhos e fatores de motivação. Saber ouvir e entender como a equipe enxerga o líder, estimula o crescimento de todos e facilita o alinhamento das expectativas. Numa relação de trabalho promissora, uma boa comunicação é imprescindível.

*Fernando Mantovani é diretor geral da Robert Half

More From the Blog...

O ano começou, e agora?

Para você o ano só começa depois do Carnaval? Então é hora de pensar no que vai fazer para dar um UP na carreira este ano. O sucesso na carreira requer...

Saiba mais