5 habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho

Por Robert Half on 18 de julho de 2019

No atual cenário de recrutamento, ganha destaque o perfil comportamental em relação ao perfil técnico. Isso porque os headhunters e as empresas perceberam que é muito mais fácil ensinar habilidades profissionais técnicas que comportamentais. Essa é uma tendência observada em diferentes áreas do mercado de trabalho.

Segundo os especialistas em recrutamento, não é só mais um bom perfil técnico que é valorizado. São procurados aqueles profissionais com uma visão mais holística da organização e que conseguem melhorar o desempenho financeiro das empresas. Essas habilidades são importantes, principalmente, porque qualificam os colaboradores para futuros desafios, como imprevistos e crises.

Recrutamento especializado

Sendo assim, veja abaixo uma lista com as 5 habilidades mais valorizadas no mercado de trabalho.

1. Comunicação

A habilidade de se comunicar bem é a chave para profissionais técnicos trabalharem de forma integrada ao negócio. Afinal, são executivos que precisam traduzir toda a questão técnica de suas áreas para diferentes públicos, desde o pessoal da fábrica até o CEO da empresa.

A comunicação tem relação direta com algumas carreiras. Contudo, ela é necessária para os profissionais de todas as áreas em algum momento. Seja para a entrevista de emprego, dia a dia no trabalho, em uma apresentação ou durante um networking.

Essa habilidade nunca será desperdiçada, em especial, para a comunicação interpessoal. Sendo assim, para ser um bom comunicador, é preciso trabalhar dois campos: conteúdo e expressão. Na maioria dos casos, o assunto não é um problema e, sim, a forma de se expressar. Por isso, é importante o desenvolvimento dessa capacidade, para lidar com as relações no trabalho e evitar inconveniências.

2. Trabalho em equipe

Profissionais que não conseguem demonstrar a habilidade têm pouca aceitação entre os gestores. Comprovar espírito de equipe é condição para crescer na carreira e também um dos fatores para o sucesso da organização. A cooperação em time, para ser eficaz, precisa de boa comunicação entre os participantes e ser livre de competições. Assim, a empresa pode alcançar os seus objetivos.

Uma equipe de sucesso é composta por diferentes talentos, habilidades, pensamentos e ideologias. Além disso, para funcionar bem, precisam lidar com esse contraste de ideias de forma harmônica. Dessa forma, todos os integrantes devem executar suas atividades com dedicação e esforço em prol de um objetivo comum e evitar, ao máximo, uma falha de comunicação que possa resultar em uma ação malsucedida.

3. Resiliência

Trata-se de uma habilidade que, normalmente, vem com a maturidade emocional. De qualquer forma, é importante o profissional desenvolver quanto antes a sua capacidade de lidar com situações de crise e de oposição, sem desanimar e deixar abalar a produtividade. É comum em todas as profissões surgirem desafios os quais testarão e exigirão muito foco, persistência e capacidade de superá-los.

Sendo assim, para alcançar os objetivos e metas da empresa, é importante superar os elementos que compõem a habilidade de resiliência citados. Contudo, isso não será conquistado apenas por meio de um livro, a experiência e as vivências profissionais o ajudarão a lidar da melhor maneira possível com as adversidades.

4. Comprometimento

Identificar e superar obstáculos de forma proativa é uma ótima maneira de demonstrar comprometimento com a empresa. Ir além do seu trabalho, pensar fora da caixa e sair da sua zona de conforto são qualidades muito bem recebidas atualmente. No trabalho, essa habilidade consiste em exigir de si produtividade e rendimento, por meio de atitudes como entrega de tarefas no prazo, evitar faltas e atrasos, além de levar as responsabilidades a sério e superar seus objetivos.

O comprometimento proporciona ao colaborador o sentimento de uma parte realmente importante para o crescimento da empresa. Assim como a organização também deve ter essa relação para o funcionário, ao analisar com cautela e seriedade os recursos do negócio. Essa atitude de ambas as partes colabora para o desenvolvimento e o sucesso profissional.

5. Intraempreendedorismo

A expressão que cabe aqui é “senso de dono”. O que as empresas buscam é alguém que abrace os projetos com a responsabilidade e a motivação de um empreendedor. Em suma, trata-se de uma prática de empreendedorismo de maneira interna, quando os funcionários fazem as suas funções pensando da mesma forma que os donos da organização. Ou seja, eles têm uma visão do que é preciso para manter a organização crescendo cada vez mais.

Essa prática é uma forma de estimular os profissionais a zelarem pelo ambiente corporativo como se fosse deles. Isso proporciona resultados positivos para a empresa por meio da criatividade, cooperação, organização, inovação e produtividade nas tarefas feitas. Para o funcionário permite o espírito de liderança e trabalho em equipe, além do crescimento na sua área de atuação no mercado.

Com a crise do coronavírus, surgiu a necessidade de isolamento e o trabalho remoto virou uma realidade para muitas organizações. Assim, habilidades comportamentais são cada vez mais fundamentais para lidar com esse período de incertezas e para manter o funcionamento da empresa.

Portanto, não importa a área de atuação, considerar essas habilidades profissionais ao contratar um funcionário fará uma grande diferença na companhia. Por isso, determine essas capacidades no job description. Assim, a empresa terá mais chances de reter os talentos que combinam mais com os valores da empresa.

Veja também

No vídeo abaixo, Maria Sartori, diretora de recrutamento da Robert Half, fala sobre o tema "habilidades para quem trabalha por projetos". Vale a pena assistir!

Perguntas Frequentes

Respondemos às dúvidas mais frequentes dos nossos candidatos. Clique no botão abaixo para assistir todos os vídeos da série.

ASSISTIR AOS VÍDEOS

Saiba como os recrutadores da Robert Half podem ajudar você a construir uma equipe talentosa de colaboradores ou avançar na sua carreira. Operando em mais de 300 locais no mundo inteiro incluindo nossa agência de recrutamento na Vila Olímpia, em São Paulo. A Robert Half pode te fornecer assistência onde e quando você precisar.

More From the Blog...