Candidato antiprofissional, confira 10 dicas para evitar esse rótulo

Candidato antiprofissional

*Por Adriana Fonseca

A essa altura da vida é possível que você já saiba algumas coisas – bem óbvias – que não pegam nada bem na busca por um novo emprego. Desde não usar (jamais!) aquele endereço de e-mail engraçadinho que você criou na adolescência para mandar um currículo até manter a pontualidade na entrevista de emprego

Ok, mas há outras atitudes que podem taxá-lo como um candidato antiprofissional diante do headhunter. Perguntamos a eles, sim, aos recrutadores, o que um profissional não deve fazer em uma entrevista de emprego. Veja o que eles responderam!

Parecer de entrevista, os pontos mais importantes

  1. Mostrar-se mais interessado no salário do que na oportunidade de trabalho
  2. Falar mal das empresas anteriores pelas quais passou ou de antigos chefes
  3. Faltar na entrevista sem justificar a ausência e depois tentar reagendar, sem se desculpar pela falta anterior
  4. Atender o celular durante a entrevista pode ser visto como uma postura extremamente antiprofissional
  5. Não olhar nos olhos do entrevistador
  6. Usar gírias em excesso
  7. Má postura ao sentar-se e desleixo com a apresentação pessoal
  8. Usar um tom de voz muito alto
  9. Mostrar desespero ou ansiedade demais em conseguir a vaga
  10. Não pesquisar previamente sobre a empresa que está contratando e chegar despreparado na entrevista

Adriana Fonseca é jornalista, tem mais de dez anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita seus textos em seu aconchegante home office.

Share This Page