5 empregos em cibersegurança que sua equipe precisa

Por Robert Half on 11 de dezembro de 2023
Tempo estimado de leitura: 6 minutos

Organizações necessitam de habilidades em cibersegurança para manter dados sensíveis e sistemas protegidos contra hackers maliciosos, defender uma fronteira de segurança em constante expansão e cumprir regulamentações rigorosas relacionadas à segurança e privacidade de dados.

À medida que as empresas aceleram os esforços de transformação digital e constroem um ambiente de trabalho mais automatizado, baseado em nuvem e orientado por dados, capaz de apoiar equipes remotas, a necessidade de reunir e manter uma equipe experiente em segurança da informação torna-se ainda mais crítica.

O crescente nível de cibercrime coloca ainda mais pressão sobre as empresas para manterem seus sistemas atualizados e corrigirem vulnerabilidades, permitindo uma resposta ágil e recuperação rápida de incidentes de cibersegurança decorrentes de malware, ransomware e phishing.

Envie sua vaga

Então, quais empregos em cibersegurança sua organização precisa para cobrir todas as bases de segurança da informação? Christian Schmitz, Head de Tecnologia da Robert Half Alemanha, e Maria Sartori, Diretora Associada da Robert Half Brasil, fornecem uma visão geral das responsabilidades, habilidades e credenciais para cinco dos cargos mais demandados.

Pentester (Testador de Intrusão)

Este papel crucial envolve liderar o desenvolvimento, implementação e supervisão de Programas de Testes de Penetração.

Como um Testador de Intrusão Sênior você será responsável não apenas por criar políticas, padrões e procedimentos essenciais para apoiar o programa, mas também por realizar uma ampla variedade de testes de penetração em diversos domínios de tecnologia. As principais responsabilidades incluem:

  • Liderar o desenvolvimento de um programa robusto de Testes de Penetração.
  • Estabelecer políticas, padrões e procedimentos críticos para sustentar o sucesso do programa.
  • Executar testes de penetração em aplicações web, aplicações móveis, redes, sistemas sem fio e tecnologia operacional.
  • Realizar avaliações de segurança abrangentes em ambientes de nuvem e revisar códigos-fonte de aplicativos.
  • Utilizar metodologias padrão da indústria (por exemplo, OWASP, NIST, PTES) para realizar testes de penetração.
  • Documentar minuciosamente descobertas e fornecer relatórios técnicos detalhados com recomendações para remediação de vulnerabilidades.
  • Colaborar efetivamente com clientes durante as avaliações para fornecer atualizações de status e insights sobre vulnerabilidades.

Leia também: Mulheres na tecnologia

Auditor de TI

Um auditor de TI pode trabalhar em uma variedade de projetos específicos que envolvem a análise de sistemas, programas e software de segurança da informação para qualquer tipo de sistema de TI. Além de garantir que esses sistemas estejam em conformidade com regulamentações governamentais e internas, aqueles que ocupam cargos de auditor de TI identificam problemas potenciais e oferecem soluções para melhorias.

Há bastante espaço para avanço, já que muitas organizações contam com uma equipe de especialistas em TI supervisionada por auditores de TI sênior ou gerentes de auditoria de TI.

Candidatos interessados em empregos de auditor de TI devem estar cientes de que geralmente se espera que possuam um diploma de bacharel em tecnologia da informação, ciência da computação ou administração de empresas.

Alguns empregadores podem exigir certificações adicionais para determinadas posições de TI, como o Certified Information Systems Auditor (CISA) ou as credenciais Certified Information Security Manager (CISM). Essas certificações geralmente exigem de três a cinco anos de experiência antes de fazer o exame de qualificação.

Arquiteto de Segurança

A principal função de um arquiteto de segurança é encontrar maneiras de estar um passo à frente de todas as ameaças digitais à rede da empresa, desde hackers e vírus até malware. Em essência, um arquiteto de segurança pode entrar em sua empresa, analisar a "casa" de segurança da TI (ou seja, infraestrutura) e recomendar onde e como fazer melhorias sem comprometer o desempenho dos sistemas de negócios.

Os arquitetos de segurança podem realizar testes para detectar e monitorar atividades suspeitas, além de analisar ameaças para ajudar sua empresa a aprimorar sua abordagem de segurança da TI e reduzir o risco de futuros ataques. Eles estão sempre pensando nos requisitos futuros e se mantêm informados sobre regulamentações relevantes que impactam a segurança da TI.

Os melhores profissionais de cibersegurança também possuem habilidades interpessoais, de liderança e de gerenciamento de mudanças. Eles podem supervisionar equipes e trabalhar com outras equipes para ajudar a alcançar metas estratégicas de TI, como migração para a nuvem ou desenvolvimento de aplicativos móveis.

Engenheiro de Rede e Nuvem

Engenheiros de rede são responsáveis por projetar, implementar e gerenciar a conectividade empresarial por meio de diversas redes. Isso inclui redes com fio e sem fio para conectividade empresarial local e redes baseadas em nuvem para trabalho remoto seguro. Tudo, desde impressoras e desktops dos funcionários até gerenciamento de cabos, servidores de e-mail e servidores web, está sob a responsabilidade do engenheiro de rede.

O trabalho do engenheiro de rede é encontrar a solução mais adequada para a empresa, instalá-la, mantê-la e colocá-la rapidamente online em caso de problemas. Eles são confiáveis para otimizar continuamente as redes empresariais e projetá-las com segurança em mente.

Os engenheiros trabalham em colaboração com engenheiros de infraestrutura, arquitetos de infraestrutura e equipes de produtos/vendas, e se reportam ao CTO ou gerente de infraestrutura.

Você pode gostar de: Futuro do trabalho

Guia Salarial da Robert Half

No Guia Salarial da Robert Half você encontra a mais completa pesquisa salarial e um estudo sobre tendências de contratação no mercado brasileiro.

Consultor de Cibersegurança

Diante das ameaças cada vez mais crescentes à segurança da TI, as organizações precisam manter uma abordagem vigilante para proteger seus sistemas e dados, e um Consultor de Segurança Cibernética desempenha um papel fundamental nesse processo. Os Consultores de Segurança Cibernética são responsáveis por diversas funções associadas à segurança da TI - desde a realização de revisões da segurança de software até a atualização de políticas de segurança da informação.

A descrição do cargo de Consultor de Segurança Cibernética deve incluir as seguintes responsabilidades:

  • Realizar revisões de gestão de segurança da informação e avaliações de sistemas de gestão de segurança da informação (ISMS).
  • Garantir que a implementação técnica e os processos de negócios estejam alinhados.
  • Liderar o design, implementação, operação e manutenção de sistemas de gestão de segurança.
  • Participar na criação, revisão e atualização de políticas de segurança da informação.
  • Fornecer aconselhamento técnico, recomendações e consultoria complexa em redes, infraestrutura, produtos e serviços fornecidos.
  • Fornecer ou auxiliar na documentação de implementação.
  • Gerenciamento contínuo de projetos.

A segurança é crucial em todas as áreas de TI. Não importa quais outras funções em cibersegurança sua empresa precise contratar — procure por candidatos que possuam habilidades sólidas e conhecimento básico em segurança. Concentre-se em profissionais que manterão a segurança como uma prioridade em tudo o que projetam, constroem e entregam para sua empresa hoje e no futuro.

Maria Sartori é engenheira química, formada pela UNICAMP, com pós-graduação em Finanças pela mesma instituição. Iniciou sua carreira no campo de recrutamento em 2011, contribuindo para o início das operações do escritório da Robert Half em Campinas. Atualmente, atua como Diretora Associada, supervisionando Tecnologia, Engenharia, Vendas e Marketing no escritório de São Paulo.

Christian Schmitz é Head de Tecnologia na Alemanha pela Robert Half. O especialista em tecnologia tem assessorado empresas de todos os setores em todos os aspectos de TI e seus programas de digitalização, com foco em consultoria e recrutamento, incluindo líderes globais de mercado e empresas do DAX40. Ele possui ampla experiência em tecnologias corporativas como SAP, Microsoft, Salesforce e ServiceNow, abrangendo alinhamento de negócios e TI, novas formas de trabalho e capacitação digital.

Saiba como os recrutadores da Robert Half podem ajudar você a construir uma equipe talentosa de colaboradores ou avançar na sua carreira. Operando em mais de 300 locais no mundo inteiro incluindo nossas agências de empregos de São Paulo. A Robert Half pode te fornecer assistência onde e quando você precisar.

Mais em nosso Blog