Aprenda a customizar o seu currículo

Por Adriana Fonseca*

Em quase todo post sobre currículo que escrevemos aqui no blog, mencionamos a importância de customizar o documento de acordo com a vaga pretendida. Você sabe o que realmente significa essa customização do currículo? Qual o tamanho da mudança que precisa ser feita a cada candidatura?

Pode parecer, em um primeiro momento, que isso vai dar um trabalhão. Mas não é bem assim. O conteúdo do currículo já está ali, você só precisa rearranjá-lo de acordo com as competências e experiência exigida pela vaga.

Abaixo listamos alguns passos para facilitar a customização do seu próximo currículo.

Leia com atenção o anúncio da vaga de emprego

A primeira e mais importante coisa a se fazer é ler todas as competências exigidas para a vaga. Veja quais batem com a sua experiência profissional e anote-as em algum lugar.

Comece a customização

Agora que você sabe exatamente o que o recrutador procura, abra o arquivo do seu currículo, veja as habilidades que você tem de acordo com isso e coloque-as, de forma sucinta, no resumo inicial. Lembre-se de que esse resumo é curto, apenas para apresentar brevemente o candidato. Umas três ou quatro linhas bastam.

Adapte as descrições de cada cargo pelo qual passou

Em seguida, passe atentamente por cada experiência profissional descrita em seu currículo. Em formato de “bullet points”, para deixar o texto mais objetivo, fácil e rápido de ser lido, coloque as conquistas, projetos e tarefas que você realizou em cada trabalho e que tenham relação com o que o recrutador está buscando.

Inclua outras competências relevantes

Se a vaga pede, por exemplo, experiência com liderança de equipes e você não teve isso em nenhum emprego por onde passou, mas teve em algum projeto voluntário, inclua o voluntariado no currículo e aponte a experiência de liderança que você teve lá, quantas pessoas gerenciou, problemas enfrentados e resolvidos, resultados alcançados.

Vamos deixar bem claro que não se trata de mentir. Não é para acrescentar informações no seu currículo que tenham relação com o que a vaga pede, mas que na verdade são habilidades que você não tem.

A customização nada mais é do que reorganizar as competências que você realmente tem. É um trabalho de edição do currículo. Você vai pegar as habilidades que adquiriu em cada emprego pelo qual passou e destacar aquelas que o headhunter quer ver. Simples assim.

Adriana Fonseca é jornalista, tem mais de dez anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita seus textos em um aconchegante home office.

Compartilhar essa página