5 erros que sempre aparecem nos currículos (e como corrigi-los)

Chefe da área de recursos humanos do Google, Laszlo Bock decidiu dar uma mãozinha para quem quer aperfeiçoar o currículo. E olha que ele tem experiência no assunto. Nada menos que 20 mil CVs já passaram pelas mãos dele - e ele garante ter examinado um a um. Além disso, o Google recebe 50 mil currículos por semana! Imagina o tanto de informação relacionada que não chega aos ouvidos dele. Diante desse acesso a tantos currículos, Bock escreveu em um artigo recentemente: "Alguns são brilhantes, a maioria é apenas 'ok' e muitos são um desastre".

O executivo diz que, mesmo com o passar dos anos, ele continua vendo os mesmos erros se repetirem. Erros que acabam com a chance de conseguir o emprego. Abaixo, os cinco maiores erros que ele já viu em currículos.

ERRO 1: Digitação
Parece óbvio, algo que não precisaria ser dito, mas acontece sempre. Bock lembra uma pesquisa feita nos Estados Unidos que revelou que 58% dos currículos têm erros de digitação. "Na verdade, pessoas que ajustam seus currículos o mais cuidadosamente possível podem estar mais vulneráveis a esse tipo de erro, porque frequentemente eles são consequência de voltar atrás repetidamente para afinar o currículo uma última vez. E, fazendo isso, um sujeito e um verbo de repente não combinam, ou uma frase é deixada no lugar errado, ou um conjunto de datas sai do alinhamento." A chave para isso não acontecer? Leia seu currículo de baixo para cima. "Inverter a ordem normal ajuda você a focar em cada linha isoladamente".

ERRO 2: Comprimento
Pode ser difícil resumir toda a sua bagagem, mas um currículo de três, quatro ou dez páginas vai lhe deixar ainda mais longe da vaga. Um documento enxuto demonstra habilidade de síntese e priorização, além de transmitir as informações mais importantes sobre você. "Seu currículo é uma ferramenta que lhe dá a chance para a primeira entrevista. Uma vez que você está na sala, o currículo não importa tanto." Bock acredita que um bom tamanho de currículo é uma página para cada 10 anos de experiência.

ERRO 3: Formatação
"A menos que você esteja se candidatando a uma vaga como designer ou artista, seu foco deveria ser fazer seu currículo limpo e legível." Bock recomenda usar fonte tamanho 10 pelo menos, margens de meia polegada (cerca de 1,2 centímetros), papel branco e tinta preta. Mantenha espaço consistente entre as linhas, colunas alinhadas e coloque logo no topo seu nome e as informações de contato. Lembre-se que a formatação pode variar se o documento for aberto em um software diferente. Para garantir a padronização, salve o currículo em formato PDF.

ERRO 4: Informação confidencial
"Uma vez eu recebi um currículo de um candidato que trabalhava em uma grande firma de consultoria. Essa empresa tem uma política muito rigorosa de confidencialidade: nomes de clientes nunca devem ser compartilhados. No currículo, o candidato escreveu: 'consultor para uma grande companhia de software em Redmond, Washington'. Rejeitado!" Apesar de o profissional não ter dito o nome da empresa, estava claro que era a Microsoft, e seu currículo foi para o lixo. A sugestão de Bock aqui é a seguinte: "se você não quiser ver o assunto na primeira página do New York Times com seu nome relacionado (ou se o seu chefe não gostaria de ver), não coloque em um currículo". 

ERRO 5: Mentiras
"Colocar uma mentira no currículo nunca, nunca, nunca vale a pena." As pessoas mentem sobre seu nível educacional e a escola que cursaram, sobre quanto tempo ficaram em uma empresa, sobre o tamanho da equipe que administraram e sobre os resultados de vendas. Bock lista três problemas ao fantasiar o currículo. "(1) Você pode facilmente ser pego. A internet, as referências e as pessoas que trabalharam na sua empresa no passado podem revelar essa fraude; (2) As mentiras lhe seguem para sempre. Invente algo no seu currículo e, 15 anos depois, você consegue uma promoção e é descoberto. Demissão. E tente explicar isso na sua próxima entrevista; (3) Nossas mães nos ensinaram melhor. Sério." Sabe qual é a boa notícia disso tudo? "Porque a maioria dos currículos tem esse tipo de erro, ao evitá-los, você se sobressai."

Veja também: Modelo de currículo

Tags: Currículo

Compartilhar essa página