10 erros de linguagem corporal que podem atrapalhar sua carreira

erros de linguagem corporal que podem atrapalhar sua carreira

Por Adriana Fonseca

Não é só a linguagem verbal que diz algo sobre você. O corpo também fala.

Diante disso, procure saber alguns sinais e o que eles significam para não transmitir a mensagem errada no ambiente de trabalho – e muito menos na entrevista de emprego: os recrutadores são especialistas em analisar pessoas e prestam muito atenção na linguagem não verbal.

Abaixo, algumas dicas de linguagem corporal, coisas que você deve evitar ao longo da carreira.

1.Inclinar-se para trás
Se você quer demonstrar interesse em uma conversa e na pessoa que está à sua frente, evite inclinar-se para trás. Mantenha-se reto ou ligeiramente inclinado para frente.

2.Cruzar os braços
​Esse é um clássico indicador de desinteresse. Especialistas em linguagem corporal recomendam, inclusive, que você encerre uma reunião se perceber que uma ou mais pessoas estão de braços cruzados ou inclinando-se para trás.

3.Não manter contato visual
Não olhar nos olhos de uma pessoa pode passar a sensação de desonestidade.

4.Encarar demais
Não olhar alguém nos olhos é sinal de desonestidade, mas encarar também não é positivo. Transmite agressividade. Para manter o encontro confortável, olhe direto no olho da pessoa por um ou dois segundos a cada vez e faça isso com frequência.

5.Segurar as próprias mãos
As pessoas normalmente fazem isso quando sentem nervosismo. Se quiser passar imagem de autoconfiança, não faça.

6.Colocar as mãos para trás ou nos bolsos
​Pode ser visto como um sinal de que há algo a esconder.

7.Tocar o rosto
​Principalmente se for no nariz ou na boca, é um gesto que transmite decepção ou resistência.

8.Acenar com a cabeça muitas vezes
​Consentir com a cabeça é parte natural de qualquer conversação e faz com que seu interlocutor saiba que você está entendendo o que ele está falando. Mas fazer isso muitas vezes demonstra fraqueza.

9.Dar tapinhas nas pernas
É um gesto que mostra como você não está confortável naquela situação.

10.Olhar de relance no relógio ou celular
Não desvie sua atenção da conversa a menos que seja extremamente necessário. E, se precisar fazê-lo, se justifique.

Para mais dicas sobre linguagem corporal, leia também: Cuidado! Seu corpo fala por você!

Adriana Fonseca é jornalista, tem 14 anos de experiência na cobertura de carreiras e empreendedorismo e já publicou no jornal Valor Econômico, na Folha de S.Paulo e na revista Pequenas Empresas & Grandes Negócios. Hoje, escreve e edita seus textos em seu aconchegante home office.

Tags: Carreira

Compartilhar essa página