Recursos Humanos

No primeiro semestre de 2013, as empresas investiram na reavaliação de suas estruturas de recursos humanos. Buscando tornar a área mais estratégica e mais próxima do negócio, muitas companhias optaram pela reestruturação de seus RHs para adequação à realidade atual. O ganho de importância do RH em empresas médias e familiares também fez com que elas reorganizassem suas equipes.

A figura do business partner ou consultor interno, que identifica as demandas de diferentes áreas ou plantas e propõe soluções customizadas para a empresa, se torna mais freqüente. Também tem ganhado importância a presença do centro de serviços compartilhados, que atua em conjunto com o business partner para atender demandas do público interno.

A posição estratégica conquistada para o RH tende a ser cada vez mais relacionada à remuneração desses profissionais. Os salários dos profissionais dessa área hoje podem ser equiparados aos de outros departamentos como Marketing, Operações e Finanças. As perspectivas para 2014 são de consolidação desse movimento, que deve vir acompanhado de políticas mais estruturadas de treinamento para driblar a escassez de profissionais qualificados, investimento em alinhamento de cultura, gestão da mudança e novas práticas em gestão de pessoas.


Indústrias que mais demandam

  • Agronegócio
  • Químico
  • Bens de consumo


Habilidades mais valorizadas

  • Comunicação
  • Bom relacionamento e envolvimento com outras áreas do negócio
  • Perfil proativo e voltado a resultados
  • Perfil multitarefas


Posições em destaque

  • Gerente de RH com experiência em negociação trabalhista
  • Profissionais de administração de pessoal e folha de pagamento
  • Business partner (consultor interno)
  • Profissionais com experiência em remuneração

Baixe sua cópia